Preparar o caminho para os centros de jardinagem e lojas de bricolage se adaptarem e florescerem

Apesar de terem visto as suas vendas aumentar nos últimos meses, os centros de jardinagem e as lojas de bricolage têm de estar preparados para enfrentar as mudanças no setor retalhista. Por Javier López, General Manager Vertical Solutions EMEA, OKI Europe
Os projetos domésticos e de jardinagem parecem estar consistentemente presentes no topo da lista de interesses dos consumidores. Enquanto as pessoas permanecerem nas suas casas e passarem tempo nos seus espaços exteriores, sejam eles jardins ou simples varandas, haverá sempre procura de materiais de bricolage e jardim. 
 
No entanto, a pandemia ensinou-nos que temos de aprender a preparar-nos para o inesperado. Existem muitas variáveis que podem afetar a afluência de clientes e a rentabilidade nestas categorias de venda a retalho e, num mundo cada vez mais imprevisível, podem ser difíceis de antecipar e superar. 

Um conjunto crescente de desafios

Os centros de jardinagem e as lojas de bricolage registaram um número elevado de vendas durante a pandemia1 uma vez que várias nações europeias permitiram que este tipo de comércio permanecesse aberto2. Com os consumidores a passarem mais tempo em casa, os dias foram preenchidos com projetos domésticos e de jardinagem. Este foi um período positivo para este setor retalhista, enquanto outros enfrentaram grandes obstáculos. No entanto, manter uma procura elevada apresenta o seu próprio conjunto de desafios. 
 
Alguns projetos domésticos e de jardinagem que foram iniciados durante a pandemia podem muito bem já ter sido concluídos. Além disso, à medida que são aliviadas as restrições, as pessoas irão passar mais tempo fora de casa e investir noutros segmentos do setor de retalho que, entretanto, voltam a abrir portas. A primavera é tradicionalmente a época ideal para renovar o jardim e os centros de jardinagem e as lojas de bricolage vão querer fazer tudo o que está ao seu alcance para manter os elevados números de vendas que têm vindo a registar.
 
As condições meteorológicas cada vez mais imprevisíveis também são um desafio. Os centros de jardinagem e as lojas de bricolage costumavam ser capazes de prever quais os artigos que seriam mais procurados de acordo com a estação do ano. No entanto, as condições meteorológicas mais irregulares que temos testemunhado nos últimos anos dificultam o processo de antecipação dos itens mais procurados pelos clientes. 

Preparação para as mudanças no setor retalhista

Tal como todos os retalhistas, os centros de jardinagem e as lojas de bricolage têm de ser capazes de se adaptar rapidamente a novos desafios, como manter números de vendas estáveis e responder eficazmente às mudanças nas diretrizes impostas pelo governo ou à imprevisibilidade das condições meteorológicas. Ter a capacidade de imprimir na loja irá oferecer a velocidade e a flexibilidade necessárias para responder a desafios inesperados e incentivar as visitas dos clientes em segurança. 
 
A diversidade de aplicações exigidas pelos revendedores nestas categorias pode ser significativa: sinalética, banners, cartazes, etiquetas de produtos, etiquetas para plantas, etiquetas para vasos e, acima de tudo, a capacidade para dar resposta às condições interiores e exteriores, com materiais resistentes à descoloração por raios UV e a robustez necessária para suportar ambientes movimentados. As mudanças contínuas nas tendências de mercado e na procura dos consumidores podem tornar este processo complicado e dispendioso.
A instalação de um MFP ou impressora a cores compacta da OKI que possam colocar de forma organizada sob o balcão de atendimento ao cliente ou no escritório de apoio permitirá aos retalhistas imprimir em suportes resistentes, à prova de água e autocolantes de diferentes tamanhos, desde A6 a 1,3 m de comprimento, na loja e à medida das necessidades. Isto permite que cada loja crie e personalize, de forma rápida e fácil, a sinalética e os materiais de POS nas quantidades necessárias e na altura apropriada. Desde banners suspensos para exterior e totens para promover as ofertas mais recentes até cupões que impulsionam a fidelização, passando por imagens de produtos de alta resolução, fichas técnicas para plantas, autocolantes para o chão e para as montras que orientam os clientes em toda a loja de forma rápida e segura, e ainda oferecer ao cliente a opção de personalizar os seus presentes.
 
A impressão na loja oferece aos centros de jardinagem e aos revendedores de bricolage a velocidade e a flexibilidade de que necessitam para ajudar os clientes a visualizar os produtos finais a partir das matérias-primas ou sementes e plantas em desenvolvimento, a navegar nas amplas e frequentemente complexas áreas de produtos interiores e exteriores de forma segura e eficiente, e até destacar promoções e produtos campeões de vendas.
 
Para ajudar o comércio essencial a manter-se operacional e para que todas as lojas reabram rapidamente, a OKI Europe está a oferecer gratuitamente* o  pack de agilidade para os negócios "Adapte-se hoje", avaliado em cerca de 500 €*, na compra de uma impressora OKI a cores elegível e um conjunto de toners CMYK originais OKI*. As empresas que já possuem uma impressora OKI a cores, podem solicitar o seu pack de agilidade para os negócios "Adapte-se hoje" na compra de um conjunto de toners CMYK originais OKI*.
Conteúdos do Pack gratuito de Business Agility "Adapte-se hoje", num valor superior a 500 €*
O pack inclui uma subscrição gratuita** de seis meses da plataforma criativa The Design Hub e do scanner móvel ABBYY FineScanner Premium, suportes para aplicações especificas ao setor e acesso a modelos e artes-finais. Estas ferramentas e recursos são desenvolvidos para ajudar as empresas a adaptarem rapidamente a sinalética e a comunicação com os clientes às circunstâncias em constante mudança, como o cumprimento das diretrizes governamentais ou a adaptação às alterações nas tendências sociais e do mercado, sem que tenham de depender de terceiros.

Ligue-se à OKI

linkedin twitter youtube instagram
>

©1995-2021 Oki Europe Ltd.